quarta-feira, 10 de julho de 2013

Ideli Salvatti envolvida na farra dos aviões da FAB! Ministra viaja toda semana de Brasília para Florianópolis sem pagar um centavo


Na foto acima, Ideli Salvatti num momento de pura descontração com seu colega José Sarney
Ministra das Relações Institucionais, a petista Ideli Salvatti tem mais um motivo para se preocupar. Prestes a ser expurgada do Governo por sua fraquíssima atuação à frente do cargo que ocupa, a fofa tem agora seu nome também envolvido na farra dos aviões da FAB. É o que informa um militar da Base Aérea de Florianópolis ao programa Pretinho Básico, da Rádio Atlântida FM, que faz parte do grupo RBS. O programa foi ao ar dia 08/07/2013.

Escutem o áudio abaixo, ou se preferirem, leiam a transcrição abaixo feita por minha amiga Carla Pola:


"Estou acompanhando as notícias e os escândalos acerca do uso de aeronave da FAB para interesse particular de nossas autoridades. Pois bem, algumas coisas acontecem dentro dos órgãos militares e a imprensa não faz a menor idéia devido ao bloqueio das informações.

Estes vôos feitos pelo nosso "querido" Renan Calheiros não representa nem a ponta do iceberg do que acontece.

Gostaria que a população soubesse que existe em Brasília um esquadrão chamado GTE (Grupo de Transporte Especial), pois este esquadrão serve única e exclusivamente para o transporte de autoridades. Ele é composto por aeronaves de 1ª linha, todas com seu interior modificado, transformadas em VIP; ou seja, um avião que poderia levar 40 pessoas perde sua capacidade para poder levar 10 ou no máximo 15 pessoas.

Estes aviões voam normalmente com 3 ou 4 passageiros apenas.

Em Florianópolis todas, eu disse TODAS as sexta-feiras a nossa Ministra IDELI SALVATTI¹³ vem de Brasília para cá e volta no domingo à tarde utilizando uma dessas aeronaves. O pior é notar que normalmente ela chega sozinha ou no máximo com 2 ou 3 assessores, e, digo mais, seus vôos sempre saem de Brasília depois das 18:00 hs de sexta-feira.

Se ela está a trabalho, por que só sai de lá depois do horário do expediente?

Mas, meus amigos, a imprensa nunca vai conseguir cobrir um desembarque destes, pois tudo ocorre dentro dos pátios da Base Aérea e infelizmente eu e meus irmãos de farda assistimos o dinheiro do povo ser rasgado e queimado nas turbinas de um belo avião a jato.

Certa vez tive que viajar mais de 1000 km para fazer um curso pela FAB. Eu paguei minha passagem aérea e ao ser ressarcido recebi o valor referente a passagem de ônibus, pois minha patente não me dá o direito a transporte de avião.

Acho que minha farda deveria ser de bolinhas coloridas com nariz bem vermelhinho, pelo menos assim eu me sentiria mais confortável cumprindo meu dever pela Pátria Amada."

http://mediacenter.clicrbs.com.br/audios-atlantida-fm-rs-player/254/player/277900/pretinho-basico-18h-radio-atlantida-08-07-2013/1/index.htm

16 comentários:

  1. Denunciar sempre, j[a [e o inicio da retomada da vergonha na cara dos brasileiros!

    ResponderExcluir
  2. Ô da Barricada, avisa aos manés desse programa exibido, que sendo eles da imprensa, informem-se melhor antes de tecer comentários. Ridículo a quantidade de eu acho, que eles falam. As informações estão disponíveis na própria net. O uso das aeronaves são regulamentadas e não cabe especulações idiotas desses moços. Eles preocupam-se em manter o e-mail por citar a fofa, entretanto fala coisas que não são verídicas a respeito do presidente do STF e do seu filho. É, já se faz jornalistas/radialistas como antigamente.

    ResponderExcluir
  3. e onde estão os fardados que não se pronunciaram até agora, sobre esta farra do boi que virou brasília e seus corruptos?

    ResponderExcluir
  4. e onde estão os fardados, que não se pronunciaram até agora, contra essa farra do boi, em brasília e seus corruptos, vamos aceitar tudo isto calados, e ver a caserna se humilhar, e ficaram debaixo do comando desses safados, reagam, pelo amor de Deus.

    ResponderExcluir
  5. Falou dizer que no outro dia foi esclarecida a situação. Todos os voos feitos são dentro da lei. Podemos questionar se é ético, mas estão rigorosamente dentro da lei, que permite ministros utilizarem voos da FAB para deslocamento ao estado de residência permanente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É quando e feito o deslocamento no final do exercício do cargo público.Entendeu?

      Excluir
  6. fora Ideli, sua inútil, só serve pra defender bandido e votar em causas próprias.NOJO.

    ResponderExcluir
  7. Reclama com o FHC que não incluiu a tua patente no decreto.

    ResponderExcluir
  8. O mais imoral é um avião desses levar 3 a 15 pessoas, quando sua capacidade é para 40.

    ResponderExcluir
  9. bem, e sem contar que o atual marido dela tambem é militar do EB, o que será que ele pensa de tudo isso?

    ResponderExcluir
  10. interessante seria esse militar da BAFL postar algumas fotos dessa maracutaia.

    ResponderExcluir
  11. Parabéns ao MILITAR PATRIOTA que fez essa denúncia. Jamais eles (PTralhas)comprarão todos a sua volta. FAB = farra aérea brasileira foi ótima. Isso vai enfurecer os militares honestos que vestem a farda lá dentro e vai ajudar a expor mais vergonhas dessas ainda...

    ResponderExcluir
  12. Também sou militar da FAB e dou testemunho que meu colega de farda relatou apenas a verdade. Garanto que todos os voos são de interesse particular. Infelizmente preciso manter meu nome no anonimato, pois nos militares somos punidos ao reportar fatos vergonhosos como o em questão.

    ResponderExcluir

  13. Em relação ao uso de avião da FAB pela ministra-chefe da Secretaria de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, a Assessoria de Comunicação da Secretaria de Relações Institucionais esclarece:

    De acordo com o Decreto Presidencial 4244/02, que dispõe sobre o transporte aéreo, no País, de autoridades em aeronave do Comando da Aeronáutica, no ART. 4º, as solicitações de transporte serão atendidas nas situações abaixo relacionadas, observada a seguinte ordem de prioridade:

    I - por motivo de segurança e emergência médica;
    II - em viagens a serviço; e
    III - deslocamentos para o local de residência permanente.

    Íntegra do decreto
    http://www.jusbrasil.com.br/legislacao/1034377/decreto-4244-02

    .








    Decreto 4244/02 | Decreto nº 4.244, de 22 de maio de 2002

    ResponderExcluir